Prefeitura Municipal de Mineiros - 13/05/2020
NOTA DE ESCLARECIMENTO - Divergência nas informações sobre o caso M.A.R.G
Publicado por: Valdeir

LOADING IMAGES

A propósito do caso da paciente M.A.R.G., de 88 anos, moradora de Mineiros, que recebeu alta no Hospital Garavelo, em Goiânia, após 11 dias internada, a Secretaria Municipal de Saúde do município vem, de público, manifestar o que se segue:

- A Secretária Municipal de Saúde de Mineiros lamenta o incidente diplomático que o caso provocou e pede, especificamente, desculpas ao governador Ronaldo Caiado.

-  Neste momento de pandemia, as informações devem ser transparentes e a comunicação com os moradores precisa gerar confiabilidade para que governos conduzam suas políticas da melhor forma possível. Isso vale, especialmente, entre órgãos públicos e instituições. Deve haver, sempre, a comunicação eficiente e em tempo hábil para conter o avanço da Covid-19.

- A Secretaria Municipal de Saúde Mineiros trabalha da forma a mais prudente possível no controle da transmissão da doença. Os profissionais que cuidaram da paciente M.A.R.G., em Mineiros, fizeram o teste nela e nos seus contatos familiares pelo método PCR, sem confirmação de positividade para a Covid-19.

- Até o dia 06 de maio, para a Vigilância Epidemiológica e COE-Mineiros, o caso estava descartado para Covid-19, por ter passado por inúmeros testes negativos. Os exames de imagem e o quadro clínico eram compatíveis com outras possibilidades diagnósticas de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

- Até aquele momento, Mineiros não estava em transmissão comunitária. Além disso, a paciente negava contato com morador confirmado para Covid-19. Ela relatou que não esteve em mercado de animais vivos, não viajou, não participou de eventos e nem esteve em locais com aglomeração. É importante destacar que se trata de pessoa idosa, com comorbidades prévias que evoluíram com patologia respiratória.

No que diz respeito às duas comunicações oficiais realizadas pelo Ipasgo, só temos a estranhar:

- Que motivo leva o órgão a contestar resultados laboratoriais, principal método de diagnóstico diferencial para a Covid-19, em especial o que apurou o Laboratório Central de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen)?

- Porque a paciente não tem memória imunológica, os anticorpos, ou IgG, que demonstram que a pessoa teve contato anterior com o vírus?

O município de Mineiros jamais questionou a qualidade do atendimento oferecido pela equipe multiprofissional do Hospital Garavelo. Acreditamos que a paciente recebeu o melhor tratamento possível.

Igualmente, não se questiona o atendimento do convênio, nem a presteza do Ipasgo no sentido de levar a moradora a uma unidade preparada para receber paciente grave com sintomas respiratórios suspeitos de Covid-19. Questionamos, apenas, a confirmação do diagnóstico da doença e suas implicações.

Por isso e por vários outros motivos, seguimos com o trabalho diário voltado para proteção e cuidado de nossos moradores, sempre a buscar na ciência o amparo para todas as atividades, bem como o aprimoramento da comunicação.

 

Em 13 de maio de 2020.

Rosângela de Rezende Amorim

Secretária Municipal de Saúde de Mineiros

Autor: Rosângela de Rezende Amorim